domingo, 3 de setembro de 2017

Anormal ejacula no rosto de juiz

por Ricardo Goldbach

Agressor e agredido
"Quatro dias depois de ejacular no pescoço de uma passageira, dentro de um ônibus em São Paulo, Diego Ferreira de Novaes, de 27 anos, foi preso em flagrante novamente na manhã deste sábado [02/09] por ato obsceno praticado dentro de outro coletivo na mesma região."

Após o episódio anterior, o juiz José Eugênio do Amaral Souza Neto havia decidido soltar o criminoso, por entender que "não houve constrangimento à vítima".

Noves fora, Diego, o anormal, ejaculou simbolicamente no rosto do juiz José Eugênio, cuja toga representa um constrangimento à sociedade, em geral, e às mulheres, em particular.